História

Desde 1993


Em meados de 1992, um grupo de taxistas tiveram a expertise em perceber a insatisfação de alguns cariocas com o atendimento ao cliente de alguns "amarelinhos". Então eles tiveram uma ideia de formar uma Cooperativa focada na qualidade do atendimento, surge assim em 1993 a JB Táxi. O que iniciou como mais uma cooperativa do Rio, hoje já é uma das mais renomadas e reconhecidas pelo qualidade no atendimento, conforto e segurança.


Seja em uma viagem ao trabalho, volta pra casa ou na ida a um evento. A comunicação surge naturalmente, com o bom humor e o jeito descontraído do condutor. Além do nosso trabalho constante pelo melhor serviço, perseguimos a missão de impactar positivamente a população, afinal o táxi faz parte da rotina da cidade. A simplicidade para solicitar e identificar um carro, nos torna práticos, seguros e confortáveis.


Patrimônio Cultural da Cidade

Nas cores amarela e azul há mais de 20 anos, os táxis compõem o visual do Rio de Janeiro, integrando os nossos cartões postais e sendo reconhecidos como símbolos tipicamente cariocas. Inspirados pelo "Yellow Cab" americano, os taxis do Rio foram apelidados carinhosamente de "Amarelinhos", demonstrando a relação afetiva e o valor imaterial dos táxis para os cariocas. No dia 29 de maio de 2017, marca o dia de edição do decreto que reconheceu o serviço de táxi comum, amarelo e azul, como patrimônio cultural da cidade.